Publicidade

“A única coisa boa do Maranhão é Pedrinhas”

Causou polêmica a declaração do deputado-porra-louca Jair Bolsonaro (PP-RJ) em vídeo postado originalmente pelo Uol (veja no final do texto). Conhecido por defender ideias polêmicas como a pena de morte, diminuição da maior idade penal e ser contra movimentos gays, Bolsonaro não tem papas na língua na hora de falar de temas como aborto, sexo, drogas.

Não se pode dizer que o deputado é sutil, 'político' e educado. Não. Ele faz questão de ser assim, loucão , dá audiência, é o que faz dele o que ele é. E, mais uma vez, Jair Bolsonaro 'causou' ao afirmar que “a única coisa boa do Maranhão é o Presídio de Pedrinhas”. Pra, logo depois, escangalhar tudo e perder a estribeira com expressões como “porra”, “fode nós a vida toda”, “tem que se fuder” e encerrar com um “acabou, porra”.

A declaração do deputado-porra-louca foi encarada como uma falta de respeito ao estado do Maranhão. Na sessão desta quarta-feira (12) na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Othelino Neto (PC do B) classificou a declaração de Bolsonaro como infeliz e estapafúrdia.

“O Maranhão tem coisa muito melhor. Tem uma gente boa, respeitadora, trabalhadora, um Estado bonito com recursos naturais abundantes, mas infelizmente empobrecido pelo modelo político imposto há 50 anos. Ainda assim, é um Estado que tem diversas belezas e uma população muito alegre, respeitadora e que certamente buscará melhores dias”, comentou o deputado do PCdoB.

Apesar de o principal do vídeo ser as destrambelhadas declarações de Jair Bolsonaro, é preciso atentar para um detalhe: o riso dos jornalistas que o cercam, logo após a fala infeliz. Veja o vídeo abaixo e preste atenção na risadinhas e na cara dos que estão ao fundo, em segundo plano nas imagens.

 

Busca