Publicidade

A última lagosta: Roseana Sarney faz festa de despedida antes de abandonar o governo

A governadora Roseana Sarney deve mesmo deixar o Governo na próxima segunda-feira, dia 8 de dezembro. Não sem antes comer a última lagosta às custas do povo maranhense. Grande festa de despedida será realizada nesta quinta-feira (04), na Casa de Veraneio do Estado, uma confraternização de Roseana com seus auxiliares para comemorar 'não-sei-o-quê', já que ela deixa como marca um governo pífio, cheio de promessas não cumpridas e obras inacabadas.

Roseana é birrenta, vai deixar o Governo para não ter de passar a faixa para o governador eleito, Flávio Dino, numa total falta de espírito democrático. A filha de Sarney, antes de sair, quer entregar mais uma etapa da Via Expressa – mesmo inacabada – e corre para fazer o mesmo “migué” neste final de semana com diversas outras obras que deveriam ter sido entregues há muito, muito tempo. Todas atrasadas, mal feitas, com problemas estruturais e de projeto, como é o caso do Espigão, da duplicação da MA 203, da Avenida Quarto Centenário.

Depois de prometer fazer o melhor governo da vida dela, Roseana Sarney deixará o comando do Estado pelas portas do fundo, mergulhado em denúncias de corrupção, sistema de segurança falido, recorde de homicídio e violência, sistema penitenciário destruído, e com o nome da própria Roseana Sarney envolvido no escândalo do doleiro Youssef, preso em São Luís, na Operação Lava Jato da Polícia Federal

Esse é o governo Roseana que finda. É isso que Roseana e seus “chegados” vão comemorar nesta quinta-feira, com muito camarão, lagosta, uísque importado e tantas outras iguarias que os pobres mortais sequer sabem pronunciar o nome. Mais uma – ainda bem que última – festa às custas do povo do Maranhão.

 

Busca